quarta-feira, 27 de setembro de 2017

O uso do metrônomo faz sentido pra você?

Primeiramente, o que é metrônomo? Chama-se metrônomo o dispositivo com o qual se mede o andamento de uma execução ou exercício musical. Seja analógico, digital ou, atualmente, disponível em formato de aplicativo, o metrônomo é um grande aliado do músico. Tem aplicabilidade em várias situações, mas principalmente no ESTUDO é onde mais se utiliza.

A utilização do metrônomo nos exige prática, pois nem todos nos sentimos confortáveis tocando acompanhados de uma batida seca e contínua. No Curso Violão Gaúcho, a gente começa a utilizar o metrônomo a partir da quarta aula, quando já adquirimos um certo conforto para com o violão e compreendemos a sistemática do Curso como um todo. 

Como no nosso Curso é dividido em 4 pilares (técnica, escalas, ritmos e músicas), para cada um deles o metrônomo tem uma finalidade. 
Nas técnicas, que são exercícios de musculação para as mãos, o metrônomo funciona como um parâmetro de evolução. Se lá na musculação aumentamos os pesos, aqui, aumentamos o metrônomo de acordo com a nossa evolução, lembrando que, dos exercícios de técnica, nem todos se utilizam do metrônomo. 
Nas escalas, o metrônomo é um “velocímetro”, onde iremos utilizá-lo para manter a velocidade, já que é no item escalas que a gente aproveita também para treinar rapidez no toque, além, é claro, de estudarmos a composição todas as escalas.
Nos ritmos musicais, o metrônomo trabalha de forma mais fixa, uma vez que cada ritmo tem o seu andamento pré-estabelecido, não havendo necessidade de aumento progressivo do BPM (batimento por minuto). 
Nas músicas, utilizamos o metrônomo eventualmente, simulando situações de execuções ao vivo, onde este dispositivo vai funcionar como se fosse um outro músico tocando conosco, e, por último, ainda nas músicas, aproveitamos para treinar situações de gravação, onde, no estúdio, o metrônomo torna-se indispensável, não só para a manutenção do andamento como também para facilitar os cortes, cópias e colagens, durante o processo de edição.

Então era isso. Espero que a nossa prosa tenha sido útil e fica a dica: comece a estudar com metrônomo. 

2 comentários:

  1. Utilíssimo. No início eu não conseguia tocar escalas e fazer os exercícios, hoje não vejo outra forma de treinar se não como metrônomo.

    ResponderExcluir

deixe aqui seu comentário. Será muito valorizado!